dicas México travel

O Melhor do México

Ficamos mais de 5 meses no México, cruzamos 12 estados, rodamos quase 5000 km no país, tivemos 3 pneus furados. Andamos por praias, montanhas, cidades e desertos. Passamos frio no inverno e calor (muito calor) no verão! Eu (Luciano) já estive no país outras 4 vezes (uma delas junto com a Caína) e posso dizer que já vi bastante da terra de Frida Khalo e Diego Rivera. Mesmo assim, ainda há muito o que conhecer, afinal estamos falando de um país imenso e cheio de diversidades. Nesse post tentamos listar o melhor do México, o que certamente é uma ideia ambiciosa se não quase impossível, por isso tentamos mostrar o melhor do que experimentamos, focando no melhor do México da forma mais abrangente possível, tentando mostrar o que o país tem de mais interessante de ser conhecido ou visitado. Vamos dividir esse post em praias, cidades coloniais, sítios arqueológicos. Esse não é um guia definitivo. É nossa opinião pessoal com objetivo de ajudar quem queira conhecer um pouco mais do país. Visitamos todos os locais citados

As Melhores Praias do México

O México é cercado por dois oceanos, sem contar que na Baja California ainda há o Mar de Cortes e na Península de Yucatán o Mar do Caribe. Simplesmente é muita praia linda. Pra todos os gostos e orçamentos. Isso vai dificultar bastante nosso trabalho de apontar as “melhores”, até mesmo por que “melhor” é relativo! Apontamos as que por algum motivo a gente mais gostou. Não somos de festas e badalação, o que já elimina de nossa lista destinos como Playa del Carmem, Cancun, Cabo San Lucas… Para facilitar ainda mais o trabalho, vamos excluir as “praias para surfar”, deixamos elas para uma outra oportunidade…

 Zipolite

Começamos com Zipolite. Praia de nudismo, localizada no Pacífico, no meio do caminho entre os resorts de Huatulco e a surf city de Puerto Escondido no estado de Oaxaca. Recanto de hippies com acomodações simples e baratas em um ambiente bem eclético, nudistas, famílias buscando descanso e jovens em busca de festa.

Idéias de passeios: visitar as praias de Mazunte e Ventanilla que ficam ao lado de Zipolite.

Zipolite ao fim de tarde

Sayulita

Chegamos para passar alguns dias, acabamos ficando 3 semanas… Sayulita é como os locais chamam um “Pueblo Mágico”. Já foi um recanto hippie no estado de Nayarit, antes de ser considerada por uma revista americana um dos 10 melhores locais para americanos se aposentarem. Tal reportagem trouxe muita gente de fora que foi comprando terra e construindo… Como boa parte dos destinos turísticos mundiais, vem sofrendo com o boom imobiliário e com o aumento no número de visitantes. Não é requintada como suas vizinhas Punta Mita ou Puerto Vallarta, mas mesmo assim é bastante badalada. Acomodações caras e muitos, mas muitos restaurantes e bares. Pode ser bem barulhenta aos finais de semana. Com sorte se pode pegar boas ondas por lá.

La Punta

A ponta da praia de Zicatela em Puerto Escondido se transformou em um dos locais mais badalados de Oaxaca. Os surfistas descobriram as ondas da vizinha Zicatela e com o tempo a cidade se expandiu para a La Punta. Muitas escolas de surf e turistas europeus, israelenses e australianos. Acomodações para todos os orçamentos, vários bares e restaurantes. Bom para curtir uma cerveja a beira mar, ou pegar umas ondas quando Zicatela estiver muito grande.

Está pela Região? Não deixa de conhecer a Playa Coral, Playa Carrisarillo e Zicatela.

Centrinho de La Punta
Vai uma corona?

 

 

 

 

Bahia Concepición

A Baja California é cercada por praias lindas, mas a Bahia Concepción se destaca por sua beleza e simplicidade. São várias voltadas para o Mar de Cortes dentro da Bahia. Varias ilhas e águas tranquilas compõe o visual deslumbrante da região. Sua única opção de acomodação é acampando. Se paga 100 pesos por dia (5US$) para ter uma palapa para estacionar sua van, RV ou montar uma barraca. Todas as manhãs vendedores trazem água, pão, tamales (uma espécie de empanada mexicana), peixes, camarões e o que mais você precisar. Tranquilidade total. Muitos Canadenses e Americanos fogem do frio do inverno por ali. Ótimo para pescar, andar de caiaque e contemplar a vista deslumbrante.

Tulum

Tulum fica na Península de Yucatán voltada para o mar do Caribe com areias muito brancas e água azul, muito azul! Prepare o bolso pois tanto estadia quanto alimentação são muito mais caras do que todas as outras praias que conhecemos em todo o México. Cardápios em dólar, hotéis boutique em uma praia muito charmosa, cheia de lojinhas, bares e restaurantes, muito menos badalada do que as vizinhas Cancun e Playa del Carmem.
Suas atrações são o azul caribenho do mar, os diversos cenotes (cavernas com lagoas de águas cristalinas) encontrados ao longo de toda a Península de Yucatán e as ruínas Maias (que são únicas junto ao mar!). Outro passeio relativamente próximo é conhecer as ruínas de Chichen Itza que ficam há pouco mais de uma hora de carro de Tulum.

Tulum: Areias brancas e águas azuis… Demais!

Namorando em Tulum
Casinha do Robson Crusoé em Tulum
Um dos diversos Cenotes da região.

 

As Melhores Cidades Coloniais do México

A colonização espanhola deixou suas marcas espalhadas pelas Américas, no México pode-se perceber marcas desse passado na arquitetura de suas cidades coloniais.  Abaixo citamos as que mais gostamos!

San Cristobal de Las Casas

Localizada nas montanhas do estado de Chiapas está essa charmosa cidade cheia de casarões coloridos, restaurantes e bares. A cidade é pequena e se pode caminhar por todo centro em pouco mais de um dia. A praça da Catedral, uma visita ao mercado, e a igreja localizada no ponto mais alto da cidade são algumas das atrações, mas o ponto alto são as ruas de pedra com seus casarões coloridos.

Casas coloniais de San Cristobal de Las Casas
San Cristobal de las Casas e suas ruas de pedra.
Um passeio no mercado de San Cristobal de las Casas

 

 

Cidade Oaxaca

Oaxaca é uma cidade grande e seu charme está nas ruas de pedra do centro histórico e suas igrejas coloniais (características comum a todas as cidades dessa lista!). Alguns passeios que podem ser feitos em cidades próximas são: visitar a fábricas artesanais de tapetes feitos a mão e tingidos por processos naturais, assim como as fábricas de Mescal (bebida tradicional de Oaxaca, uma variação da tequila), visitar o Hierve el água (uma cachoeira petrificada, com algumas piscinas de águas termais).

Catedral de Oaxaca
Ciudad Oaxaca
Hierve El Água e suas cachoeiras petrificadas próximo a cidade de Oaxaca

 

San Miguel de Allende

San Miguel de Allende fica no estado de Guanajuato. Lindas ruas de pedras com casas coloridas e muitas igrejas coloniais. A cidade é bonita mas por ser reduto de americanos e canadenses que se aposentaram e fixaram residência por ali, sentimos que ela perdeu “autenticidade”. Não sei como explicar… Vale a visita, ela é linda! Mas gostamos mais do clima da vizinha Guanajuato.

Catedral de San Miguel Allende

Casarões Coloniais e ruas de pedra em San Miguel de Allende

Guanajuato

Guanajuato foi a cidade que mais gostamos em todo o México! Muita diversidade cultural em um cidade labiríntica, construída sobre túneis e minas de carvão. Casarões coloniais coloridos e ruas de pedra se misturam com desfiles de rua e manifestações artísticas que vão de música clássica, teatro de bonecos e universitários com trajes medievais cantando e fazendo serenatas pelas ruas da cidade. Museus variados como um dedicado a Cervantes, o museu casa Diego Rivera (casa onde nasceu o marido da Frida) e algumas bizarrices como museu da tortura e das Múmias de Guanajuato. Isso mesmo, devido a algum fenômeno raro vários corpos foram exumados na cidade e se encontravam mumificados! Hoje elas, as múmias, estão em um museu que é uma das atrações na cidade.
Bons restaurantes por toda parte e bela arquitetura.

Pela proximidade, sugerimos a visita a San Miguel de Allende que fica a menos de uma hora de carro de Guanajuato.

Caína curtindo um desfile de rua
As ruas labirínticas de Guanajuato
Uma série de túneis cortam o subterrâneo de Guanajuato
Guanajuato vista de cima!

 

As Melhores Ruínas Maias do México

Está pensando em visitar o México? Então deixe um tempo para conhecer os sítios arqueológicos! temos certeza que você va se encantar com:

Palenque

Palanque é uma das maiores concentrações de “pirâmides” Maias de todo o país. São centenas delas! Sem contar as que ainda não foram catalogadas e que ficam no meio da selva de Chiapas. Vale muito o passeio até lá. Nossa dica é incluir no seu roteiro a cidade de San Cristobal de las Casas.

A incrível Palenque!

 

 

Palenque é de cair o queixo!

Chichén Itza

Chichén Itza é muito legal, mas depois de ver Palanque perde um pouco de seu charme. Talvez  pela proximidade a Cancun ela é muito mais “turística” e organizada, não se pode mais subir nas pirâmides (por motivos de conservação) e tem muito mais gente circulando pelo parque. Sei lá… Gostamos mais de Palanque!

A pirâmide mais imponente do complexo de Chichén Itza

 

Tulum

Quem vai a Tulum é geralmente pelas praias. Mas ali ficam as únicas ruínas Maia que foram construídas junto ao mar. O contraste entre as ruínas, as areias brancas e o azul do mar é incrível.

Tulum e suas ruínas Maia à beira mar!

 

Bonus: O que fazer em 2 dias pela Cidade do México

Pra chegar nesse monte de lugares legais, a menos que você faça como a gente, e venha de carro, você terá que passar pela Cidade do México muitos acabam optando por passar um dia ou dois por lá antes de seguir a seu destino final. Aproveitamos esse post para dar dicas de o que fazer em 2 dias pela cidade mais populosa da América do Norte.

Escolha um hotel perto da avenida Passeo de La Reforma. Por ali ficam os bairro de Roma, La Condessa e a Zona Rosa (bairro gay do DF, ou Distrito Federal como também é conhecida a cidade). Dali se pode ir a pé ao Parque Chapultepec, onde está o Castelo de Chapultepec (uma residência oficial acho que do rei da Espanha ou algo assim) fica em uma colina no centro do bosque de mesmo nome. No mesmo parque estão os Museu Nacional de Antropologia, o Museu de Arte Moderna e um zoológico! Da pra passar uma boa parte do dia por ali. A noite é cheia de bares e restaurantes e um hotel razoável custa uns 50us$. Outro passeio legal é conhecer a Casa Azul de Coyoacán, onde viveu a Frida Kahlo e hoje é um museu com boa parte de suas obras. Se ainda sobrar tempo, vale visitar o centro histórico com seu prédios coloniais. A melhor maneira de conhecer uma cidade é caminhando, mas com uma cidade tão grande é bom saber por onde caminhar… Como qualquer grande metropole, A cidade do México pode ser violenta, então as recomendações básicas de bom senso valem pra lá também, não ande de metro no horário de pico. Há, do centro até o aeroporto da pra se ir de ônibus!

Eu e a Caína no Museu de Arte Moderna
Museu de Arte Moderna

Museu Nacional de Antropologia

Curta nossa página no Facebook
E siga nosso Instagram:

Vai viajar? Cote seu seguro aqui:

    12 Responses

  1. Adorei o relato…deu muita vontade de conhecer o México… curtindo muito esta aventura de vocês…beijos

    1. Eba!!
      Tem que conhecer! É lindo, gigante, e tem atração pra tudo que é tipo de gosto!!! E bolso!! 😀
      beijo grande Mamisss!!
      Saudades…

  2. Lindas as fotos e fiquei com vontade de conhecer muito estas cidadezinhas. Estive no México uma vez só e deu pra conhecer a Cidade do México as pirâmides de Teotihuacan, Acapulco e Taxco. Adoraria voltar. Saudes de vocês. Beijos!
    janeisatomas<a href

    1. Janeisa querida!!! Acompanhamos tua viagem pela República Dominicana, muito legal!!! Não fomos a Acapulco por questão de segurança. O Estado de Guerrero no México está muito violento e Acapulco não é mais como nos filmes do Elvis! Hoje é um lugar muito perigoso. As pirâmides de Teotihuacan acabamos optando por não ir apesar de termos passado perto… Que legal que tu gostou das fotos!!! Beijos e saudades!!! Lu & Cá

  3. Muito legal o teu post, Luciano. Parabéns. Certamente aproveitarei as dicas de vocês quando for ao México. Grande abraço

    1. Gui!!! Feliz aniversário pra ti!! Tudo de bom!!! Me avisa a hora que fores pro México que te damos muito mais dicas!!!! Abração meu amigo!!!

  4. Muito legal a matéria sobre o Mexico ! Fugiu ao lugar comum , ótimas dicas.

  5. Incrível a viagem! Estou indo para o México em novembro e querendo incluir a Bahia Concepción no roteiro. Você sabe se rola de fazer pouso em alguma cidade próxima com hospedagem, e passar um dia ou dois dias rodando por ali? Obrigada e parabéns pelo site!

    1. Oi Marcela! A Bahia Concepción é muito legal! Foi um dos lugares que mais gostamos na Baja California! A cidade mais próxima é Loreto (tem também a pequena Mulegé, que com certeza não haverá voo para lá), e mesmo assim seriam algumas horas dirigindo de Loreto até as praias da Bahia Concepción! Vale lembrar que lá quase não existe opções de hotéis ou alojamento a não ser acampar ou até mesmo dormir no carro. A Baja California com exceção do badalado Cabo San Lucas ainda é bem selvagem. Espero que tenha sido útil! Abração e boa viagem!!

  6. Na região de Tulum, fui à Cobá, que fica no caminho para Valladolid. As piramides lá são no meio do mato, são menores, mas muito interessantes. Demais os relatos!

    1. Que demais Rick!! Também curtimos mais as piramides no meio do mato! Passamos por Valladolid, mas só ficamos para um almoço e uma caminhada pelo centrinho. Obrigada por nos acompanhar e por agregar mais info aqui no nosso blog!!! 😀 Um beijão!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *